Franklin Reyes/Reuters
Franklin Reyes/Reuters

Lula chega em visita a Cuba e deve se reunir com irmãos Castro

Passagem do presidente pela ilha coincide com inesperada visita do mandatário venezuelano Hugo Chávez

Agência Estado,

24 de fevereiro de 2010 | 10h36

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou na noite de terça-feira, 23, à capital cubana, para uma visita oficial à ilha. Lula deve se encontrar com o presidente Raúl Castro e também com o irmão dele, o ex-líder Fidel Castro, além de visitar um porto em que foram realizados investimentos brasileiros.

 

Lula chegou ao Aeroporto José Martí vindo do México, onde participou da Cúpula da Unidade da América Latina e do Caribe. No início da quinta-feira, seguirá em viagem rumo a Haiti e El Salvador. No aeroporto, o líder brasileiro foi recebido pelo chanceler cubano, Bruno Rodríguez.

 

A agenda do presidente inclui uma visita a Mariel, 50 quilômetros distante de Havana, onde o Brasil trabalha para a construção de um novo porto. O País deve fazer metade do investimento necessário para a obra, totalizado em US$ 600 milhões. Cuba contratará empreiteiras brasileiras para a construção.

 

O Brasil é o quarto parceiro comercial de Cuba, com um intercâmbio de US$ 690 milhões em 2008. No ano anterior, esse intercâmbio foi de US$ 480 milhões, sendo que a balança comercial é favorável ao Brasil.

 

Lula também deve participar do encerramento dos trabalhos de uma comissão binacional que busca acordos e interesses comuns entre as duas nações. Deve se encontrar com Fidel e jantar com seu colega Raúl Castro. Fidel, de 83 anos, deixou o poder em 2006 para o irmão, por problemas de saúde. Ele nos últimos anos tem se dedicado a escrever colunas sobre temas internacionais nos jornais estatais da ilha.

 

A presença de Lula em Cuba coincide com uma inesperada visita do presidente venezuelano, Hugo Chávez. O líder da Venezuela anunciou uma viagem a Cuba após sua participação na cúpula no México. Não se sabe se Lula e Chávez se encontrarão. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.