Ariana Cubillos/AP - 6/8/2010
Ariana Cubillos/AP - 6/8/2010

Lula decreta três dias de luto oficial pela morte de Néstor Kirchner

Presidente elogiou o desempenho de Kirchner na reconstrução econômica, social e política da Argentina

Rosana de Cassia, para o estadão.com.br,

27 de outubro de 2010 | 13h31

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decretou luto por três dias pela morte do ex-presidente da Argentina, Néstor Kirchner. A decisão foi anunciada há pouco, por meio de nota oficial, divulgada pela Secretaria de Imprensa da Presidência. Nela, Lula lamentou a morte do "grande aliado e fraternal amigo" e elogiou o notável desempenho do ex-presidente argentino na reconstrução econômica, social e política daquele país.

 

Veja também:

documento Perfil: De líder estudantil a presidente

mais imagens Galeria de fotos: Nestor Kirchner (1950-2010)

 

Veja a íntegra da nota:

 

"O Governo Brasileiro e eu recebemos consternados a notícia da morte de Néstor Kirchner, Secretário-Geral da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) e ex-Presidente da República Argentina.

 

Sempre tive em Néstor Kirchner um grande aliado e um fraternal amigo. Foram notáveis o seu papel na reconstrução econômica, social e política de seu país e seu empenho na luta comum pela integração sul-americana.

 

Os brasileiros se associam à dor de nossos irmãos argentinos neste momento amargo.

 

Transmito, em nome de meu governo e do povo brasileiro, à Presidente Cristina Fernandez de Kirchner nosso imenso pesar e solidariedade.

 

Como expressão dos nossos sentimentos, decreto luto oficial por três dias."

 

Luiz Inácio Lula da Silva

Presidente da República Federativa do Brasil

Tudo o que sabemos sobre:
Nestor KirchnerArgentinaLulaluto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.