Lula felicita Cristina Kirchner pela vitória nas eleições

Primeira-dama e senadora se declarou vencedora, quando haviam sido apurados cerca de 11% dos votos

Efe,

29 de outubro de 2007 | 02h54

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva felicitou Cristina Fernández de Kirchner, que se declarou ganhadora das eleições presidenciais argentinas realizadas neste domingo, 28. Vários outros governantes sul-americanos também parabenizaram a primeira-dama e senadora argentina. Veja também: Veja galeria de fotos Perfil de Cristina Especial: as eleições argentinas Candidatos argentinos reconhecem vitória de Cristina Kirchner Cristina Kirchner se declara vitoriosa e faz discurso às mulheres Oposição denuncia irregularidades nas eleições argentinas Ministro nega fraude em eleição na Argentina Cristina: 'Não sou Hillary nem Evita'  Fontes oficiais informaram que o líder cumprimentou por telefone a esposa do presidente da Argentina, Néstor Kirchner. Ela se declarou vencedora, quando haviam sido apurados cerca de 11% dos votos. Os presidentes Rafael Correa, do Equador, Michelle Bachelet, do Chile, Nicanor Duarte, do Paraguai, Tabaré Vázquez, do Uruguai, e Hugo Chávez, da Venezuela, telefonaram para a senadora e primeira-dama argentina para cumprimentá-la pela provável vitória, segundo fontes oficiais. Agora, com 54,45% dos votos apurados, segundo o site do jornal La Nacion, Cristina (Frente para a Vitória) obtém 43,80% dos sufrágios, a centro-esquerdista Elisa Carrió (Coalizão Cívica), 21,61%, e o ex-ministro da Economia Roberto Lavagna (Uma Nação Avançada - UNA), 18,39%.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesArgentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.