Lula pede que jornalistas não tirem sapatos em coletiva

'Aqui, como é muito calor, a gente vai perceber antes de alguém decidir jogá-lo, por causa do chulé', diz

Tânia Monteiro e Denise Chrispin Marim, de O Estado de S. Paulo,

17 de dezembro de 2008 | 21h01

Antes de iniciar uma entrevista nesta quarta-feira, 17, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva brincou pedindo que ninguém tirasse nenhum sapato do pé, em alusão à atitude do jornalista iraquiano que, no domingo, atirou os dois pés de sapato contra o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush. "Gente, por favor. Ninguém tire os sapatos porque, aqui, como é muito calor, a gente vai perceber antes de alguém decidir jogá-lo, por causa do chulé", brincou Lula, que estava ao lado de outros sete presidentes, durante a coletiva que encerrou a Cúpula da América Latina e Caribe.   Veja também: Posição de cúpula não deve ter efeito em decisão sobre Cuba   Líder do Parlamento renuncia após discussão sobre sapatada Ação 'foi perigosa', diz Lula; Chávez ironiza episódio  Jornalista que atirou sapato em Bush se apresenta à Corte Blog do Guterman: Quando um sapato é um manifesto político Gesto de repórter iraquiano é retrato do fim da era Bush Assista ao vídeo da AP com incidente   Veja seqüencia de fotos com a sapatada    Mas esta não foi a única piada feita por Lula nesta quarta, que aproveitou, mais uma vez, para gastar o seu "portunhol". Lula disse que todos estavam com muita "hambre" e por causa do atraso nas reuniões, encerrou a entrevista coletiva sem permitir que os jornalistas fizessem as seis perguntas previamente combinadas.   Pouco antes, em discurso de encerramento da cúpula, Lula, ao comemorar a mudança que está ocorrendo na região, com os países entendendo que precisam se unir para enfrentarem os problemas juntos. "Sinto que essa consciência está mudando", comentou Lula.   Para ilustrar a mudança, Lula citou o exemplo da transformação do bicho-da-seda: "Não sei se todo mundo conhece o pequeno casulo que produz a seda. O casulo, de repente, fura um buraquinho e sai uma borboleta", comentou ele, que confundiu lagarta com bicho da seda e mostrando que nem ele conhecia sobre o que estava se propondo a falar.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaGeorge W. Bushsapatada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.