Macri foi recebido na embaixada por novo chanceler brasileiro

A sucessão de outubro foi tema do diálogo

Rodrigo Cavalheiro, O Estado de S. Paulo

07 Março 2015 | 18h25

Mauricio Macri foi recebido na manhã de 12 de fevereiro, na embaixada brasileira em Buenos Aires, pelo chanceler Mauro Vieira, que fazia sua primeira viagem no cargo à Argentina. A reunião ocorreu fora da agenda oficial do ministro. Segundo funcionários do Itamaraty em Buenos Aires, em Brasília e em Caracas, onde Vieira estava na sexta-feira para uma reunião da Unasul, o encontro ocorreu a pedido de Macri. A sucessão de outubro foi tema do diálogo.

O prefeito conhece Vieira do tempo em que esse foi embaixador em Buenos Aires, de 2004 a 2010. Ainda assim, a visita não foi divulgada para não dar margem a “interpretações incorretas” - o encontro de um representante do governo brasileiro com um candidato da oposição em campanha poderia causar desconforto diplomático.

O governador de Buenos Aires, Daniel Scioli - também conhecido de Vieira -, e o ex-kirchnerista Sergio Massa solicitaram audiências semelhantes. Segundo o Itamaraty, não houve espaço na agenda.

Mais conteúdo sobre:
Buenos Aires Mauricio Macri Argentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.