AP
AP

Maduro anuncia hoje mudanças no mercado automobilístico da Venezuela

Entre outras medidas econômicas, presidente já fixou preço máximo dos aluguéis comerciais

O Estado de S. Paulo,

02 de dezembro de 2013 | 09h20

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse no domingo que vai apresentar nesta segunda-feira um decreto para baixar os preços e regular o mercado automobilístico do país, como parte de uma "ofensiva econômica" do governo contra a inflação alta, a poucos dias de importantes eleições municipais.

Maduro, que recebeu poderes da Assembleia Nacional para governar por decreto durante um ano, ordenou em novembro fiscalizações rigorosas e obrigou varejistas a reduzir preços, mas as medidas foram questionadas pela oposição, que acusa o governo de aprofundar uma crise econômica e social.

"Vou anunciar com um decreto especial um processo para baixar os preços de todos os veículos e automóveis deste país, regular o mercado e favorecer os trabalhadores e a classe média", disse Maduro no domingo, em cerimônia transmitida pela TV.

O presidente já determinou outras medidas para regular os mercados, como um decreto que fixa o preço máximo dos aluguéis comerciais. Além disso, decretou leis econômicas que limitam os ganhos das empresas e controlam as transferências de dinheiro.

A oposição venezuelana emitiu uma nota no domingo criticando a política do governo contra a inflação.  "O governo voltou a perder a oportunidade de presentear o país com medidas econômicas críveis e coerentes para reduzir a inflação e tirar a Venezuela da grave crise econômica na qual está afundada", disse o grupo de oposição Mesa da Unidade Democrática.  A inflação anual na Venezuela chegou a 54,3% em outubro. / REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELAAUTOSREGULACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.