Mais de 40 mortos são encontrados em estrada no México

Corpos mutilados de mais de 40 pessoas foram encontrados em uma estrada perto da cidade de Monterrey, em uma das piores atrocidades no México nos últimos anos.

REUTERS

13 Maio 2012 | 14h49

Os corpos mutilados foram encontrados em sacos na madrugada de domingo em uma estrada no município de Cadereyta Jimenez, disseram funcionários do estado de Nuevo Leon.

Havia mais de 40 vítimas, disse um funcionário do governo do estado, falando sob condição de anonimato. Um oficial da polícia estadual disse que o número de mortos pode ter sido de até 49.

Não ficou imediatamente claro quem eram as vítimas. Um investigador forense no local disse que alguns corpos mostravam sinais de decomposição, indicando que as mortes teriam ocorrido há dias.

Este foi o último de uma série de assassinatos em massa que abalaram o México ao longo dos últimos meses, muitos deles concentrados no norte do país, onde a gangue do tráfico de drogas Zetas travou uma guerra sangrenta pelo controle de rotas de contrabando.

O presidente Felipe Calderón apostou a sua reputação em combater as gangues do tráfico de drogas, ao enviar o exército para combatê-las pouco depois de assumir o posto em dezembro de 2006.

Desde então, no entanto, a violência aumentou, e mais de 50 mil pessoas foram vítimas do conflito.

A violência tem corroído o apoio ao partido conservador de Calderón, o PAN, que parece que provavelmente perderá o poder quando o México eleger um novo presidente em 1 de julho. A Constituição impede Calderón de buscar um segundo mandato.

O funcionário do governo em Nuevo Leon disse que as mortes pareciam ser obra de cartéis do tráfico de drogas e que uma mensagem do tipo havia sido deixada no local. Mas não estava claro quem era o responsável.

Os Zetas estão em um sangrento conflito com outras gangues, incluindo o cartel do Golfo.

Na última quarta-feira, 18 pessoas foram encontradas decapitadas e desmembradas perto da segunda maior cidade do México, Guadalajara.

Uma semana antes, os corpos de nove pessoas foram encontradas pendurados em uma ponte e 14 outros foram achados desmembrados na cidade de Nuevo Laredo, do outro lado da fronteira com o Texas.

(Reportagem de Michael O'Boyle, Dave Graham e Ioan Grillo)

Mais conteúdo sobre:
MEXICO MORTES GANGUES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.