Mancha de óleo surge perto de praia na Patagônia

Vazamento ocupa cerca de 24 km quadrados do mar, perto da comunidade pesqueira de Caleta Cordova

Associated Press,

28 de dezembro de 2007 | 19h06

Uma mancha negra de óleo ameaçava uma praia isolada no litoral sul da Argentina nesta sexta-feira, 28, enquanto agente ambientais trabalhavam para minimizar os danos e rastrear a causa do vazamento.  Cerca de 75 pássaros marinhos foram resgatados e limpos após terem sido encontrados em meio aos 24 quilômetros quadrados de óleo próximos a Caleta Cordova, uma comunidade pesqueira na província patagônia de Chubut, segundo o porta-voz do governo Marcelo Velasco. As autoridades tentavam, por meio de inspeções por mar e ar, determinar se o óleo estaria sendo derramado por uma embarcação que teria passado pelo local.

Tudo o que sabemos sobre:
VazamentoArgentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.