Manifestante morre em confronto na Bolívia, diz imprensa

Pelo menos uma pessoa morreu na segunda-feira em um confronto entre a polícia e manifestantes que interditavam uma estrada na Bolívia em protesto contra uma norma que restringe a importação de veículos usados, segundo a imprensa local. O jornal La Razón disse em seu site que o confronto ocorreu na localidade de Patacamaya, na estrada que liga La Paz a Oruro (centro do país). Os comerciantes de veículos se opõem a um decreto, baixado há duas semanas pelo presidente Evo Morales, que proíbe a importação de automóveis com mais de cinco anos de uso, por questões ambientais e de segurança viária. O manifestante morto foi identificado pela imprensa como sendo Nelson Aduviri, integrante de um grupo de comerciantes e trabalhadores de uma zona franca que na segunda-feira ocupou a estrada. Carlos Mileta, diretor de um hospital local, disse ao La Razón que Aduviri foi atingido por uma bala de borracha no lado direito da garganta. A maioria dos veículos que circula pelas ruas da Bolívia provém de países asiáticos e entra no país pelo porto chileno de Iquique. (Por Eduardo García)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.