México apresenta chefão do Cartel do Golfo capturado pela Marinha

A Marinha mexicana apresentou nesta quinta-feira o chefão do Cartel do Golfo, Jorge "El Coss" Costilla, um dos mais procurados narcotraficantes do país, cuja prisão é uma importante vitória para o presidente Felipe Calderón em sua luta contra o crime organizado.

Reuters

13 de setembro de 2012 | 11h43

Segundo as autoridades, Costilla, de 41 anos, foi detido na tarde de quarta-feira sem opor resistência, durante uma operação no porto de Tampico, no norte do México, região que é palco de violentos confrontos entre o grupo dele e seu antigo braço armado, os Zetas, agora convertido em outro sanguinário cartel.

Em sua apresentação aos meios de comunicação, em uma instalação da Marinha na Cidade do México, o chefão estava acompanhado por dois marinheiros e usava colete à prova de balas. Ele é considerado o chefe máximo do Cartel do Golfo.

O Departamento de Estado dos EUA oferecia 5 milhões de dólares por sua captura.

O Cartel do Golfo está enfraquecido por causa da sua guerra contra uma quadrilha rival, os Zetas, formada por militares desertores. Na semana passada, a Marinha havia capturado outro dirigente do cartel, Mario Cárdenas, "El Gordo".

(Reportagem de Miguel Angel Gutiérrez)

Tudo o que sabemos sobre:
MEXICONARCOTRAFICANTEATUALIZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.