México diz que pacto do Pacífico poderá ser concluído em abril

Um pacto comercial ambicioso em negociação entre as nações do Círculo do Pacífico poderá ser concluído já em abril, disse o ministro da Economia mexicano, Ildefonso Guajardo, nesta sexta-feira.

Reuters

17 de janeiro de 2014 | 18h19

A Parceria Trans-Pacífico cobriria quase 40 por cento da economia global e criaria uma zona de livre comércio da América do Norte ao Japão e à Nova Zelândia. Os Estados Unidos estão dispostos a encerrar as negociações nos próximos meses.

"Poderemos fechar um acordo" durante os primeiros quatro meses de 2014, disse Guajardo a jornalistas na Cidade do México.

Os países que participam das negociações são Estados Unidos, Canadá, Japão, Austrália, Nova Zelândia, Cingapura, Malásia, Brunei, Vietnã, Chile, México e Peru.

(Reportagem de Alexandra Alper)

Tudo o que sabemos sobre:
MEXICOPACIFICOABRIL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.