Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

México e Cuba normalizam relações após crise

Cuba e México viraram nesta quinta-feiraa página da tensão diplomática e prometeram recompor suasdeterioradas relações políticas e comerciais durante uma visitada chanceler mexicana, Patricia Espinosa, à ilha caribenha. Ambos os países estiveram perto de romper relações em 2004devido às rusgas políticos entre o ex-presidente cubano FidelCastro e o ex-mandatário mexicano Vicente Fox. "Creio que, com satisfação, podemos dizer que as relaçõesentre México e Cuba estão plenamente normalizadas e que se abreuma etapa de cooperação, de renovação da amizade histórica e oapoio recíproco que existiu entre nossos países", disse oministro cubano de Relações Exteriores, Felipe Pérez Roque, aofinal de uma reunião de duas horas com Espinosa. Segundo um comunicado conjunto lido ao fim do encontro,ambos os países acertaram trabalhar juntos contra o crescentetráfico humano. No marco da visita de Espinosa, executivos do Banco deComercio Exterior do México e do Banco Central de Cubaassinaram um acordo para "estimular o desenvolvimento"comercial, freado durante anos por uma disputa sobre uma dívidacubana de cerca de 400 milhões de dólares. Espinosa disse que o México "trabalhou com muita força"para recompor suas relações com Cuba, com base na "confiança" ena "convivência harmônica". "Tivemos essa sensação de que viemos nos reunir com amigos(...) com representantes de um governo com o qual podemosconstruir rumo ao futuro", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.