México prende suspeito de assassinato que está em lista do FBI

O governo mexicano anunciou nesta sexta-feira a prisão do suposto assassino, estuprador e traficante Joe Luis Saenz, um dos dez fugitivos mais procurados na lista da polícia federal dos Estados Unidos (FBI).

Reuters

23 de novembro de 2012 | 19h22

Saenz, cidadão norte-americano, foi detido na quinta-feira em Guadalajara, no oeste do México, depois de uma investigação realizada conjuntamente pelas polícias do México e dos Estados Unidos, segundo nota do governo local.

O FBI diz que Saenz é suspeito de matar a tiros dois bandidos de uma quadrilha rival em 1998, em Los Angeles. Menos de duas semanas depois, ele teria sequestrado, estuprado e matado uma ex-namorada. Ele também é suspeito de ter assassinado outro homem em 2008 na Califórnia.

As autoridades norte-americanas ofereciam recompensa de até 100 mil dólares por informações que levassem à prisão de Saenz, que é natural de Los Angeles e teria 36 ou 37 anos.

De acordo com o FBI, Saenz viajava com frequência entre os Estados Unidos e o México e estaria trabalhando para um cartel mexicano de traficantes, usando vários apelidos, como Zapp, Peanut Joe Smiley e Honeycutt.

(Reportagem de Dave Graham)

Tudo o que sabemos sobre:
MEXICOPROCURADOPRENDE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.