México propõe reunião do Conselho de Segurança da ONU

Governo mexicano acredita que organismo pode ser coadjuvante nos esforços de ajuda e respaldo ao Haiti

Efe,

17 de janeiro de 2010 | 05h41

México acredita que Conselho de Segurança da ONU pode cumprir papel importante ao ajudar o Haiti. Foto: Marco Dormino/Reuters

 

CIDADE DO MÉXICO - O Conselho de Segurança da ONU se reunirá na próxima segunda-feira, 18, por iniciativa do México para estudar a crise provocada pelo terremoto de 7 na escala Richter que assolou na terça-feira passada a capital haitiana.

 

A Tragédia no Haiti:

linkBrasil pedirá que ONU defina papéis

linkHillary defende poderes ao presidente do Haiti e aos EUA

linkEUA rebatem críticas do Brasil sobre controle aéreo

linkComoção marca enterro de Zilda Arns

linkPaíses se mobilizam para acelerar ajuda

linkPassado haitiano: O vizinho que ninguém quer ter

blogA avó matriaca que emergiu dos escombros

listaLeia tudo que foi publicado sobre o terremoto

  

"O Governo do México, em coordenação com a delegação da China, que atualmente ostenta a Presidência desse organismo da ONU,solicitou celebrar essa reunião da qual participará o

secretário-geral da ONU", informa a Secretaria de Relações Exteriores do México (SRE).

  

Segundo o comunicado divulgado pela SRE, o México considera que "é da maior importância que o Conselho de Segurança da ONU coadjuve os esforços de ajuda e respaldo o Governo haitiano".

  

Na opinião do México "esta crise ultrapassa em muito a dimensão de outras emergências humanitárias e torna necessária uma presença internacional ampliada, sob a coordenação das Nações Unidas".

 
Tudo o que sabemos sobre:
ConselhosegurançaHaititerremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.