Michelle Bachelet faz visita histórica a Cuba

A presidente do Chile, Michelle Bachelet, foi recebida na quarta-feira pelo presidente de Cuba, Raúl Castro. Esta é a primeira visita de um chefe de Estado chileno a Cuba desde Salvador Allende, há quase quarenta anos. Bachelet foi recebida pela guarda de honra no Palácio da Revolução de Havana. "Foi um reunião muito positiva, muito construtiva, que teve em vista justamente os interesses de Chile e de Cuba. (...) Tivemos em vista também a responsabilidade que temos como países, em respeito à América Latina e os desafios que vivemos", disse Bachelet a jornalistas, depois da reunião com Raúl. Esta é a primeira visita de um presidente chileno a Cuba desde 1972, quando Allende, outro socialista, foi para lá. Ele morreu um ano depois, tentando evitar um golpe de Estado com um fuzil que ganhou de presente de Fidel Castro. "Fizemos reflexões sobre (...) a necessidade de que nossa América Latina tenha uma só voz", acrescentou Bachelet, ao falar sobre o encontro com Raúl. Bachelet chegou a Cuba na terça-feira à noite. Na manhã de quarta, ela assinou um acordo de cooperação na área de biotecnologia. "É uma grande oportunidade (...) para que possamos estabelecer convênios de trabalho, de investigação, de transferência de tecnologia", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.