Mina ativada por telefone celular mata três no sul da Colômbia

Uma criança de 5 anos ficou ferida; acidente aconteceu em Caño Azul, na localidade de Vistahermosa

Efe,

20 de junho de 2008 | 03h25

Uma mina terrestre que foi ativada por meio de um telefone celular causou a morte de três homens e feriu uma criança no sul da Colômbia.  O acidente foi registrado em Caño Azul, na localidade de Vistahermosa, indicou o diário El Tiempo, ressaltando que o município "é considerado o local com mais minas terrestres da Colômbia". A explosão ocorreu na quarta-feira de manhã, quando três homens adultos e uma criança de 5 anos visitavam o prédio, acrescentou a publicação. O diário acrescentou que "segundo uma fonte em Vistahermosa, um dos que inspecionavam o terreno queria tirar uma fotografia com seu celular, o que provocou a ativação da bomba". As vítimas foram transferidas na noite de quarta-feira para Vistahermosa e a criança foi internada em um hospital de Villavicencio, a capital do departamento de Meta, ao qual pertence a localidade do acidente, assinalou o diário.

Tudo o que sabemos sobre:
Colômbiamina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.