Mineiro chileno sofre crise de angústia

Edison Peña recebeu alta do hospital hoje; outros do grupo também têm problemas psicológicos

AP,

22 de outubro de 2010 | 17h32

SANTIAGO- Um dos mineiros resgatados de uma mina no norte do Chile teve alta do hospital nesta sexta-feira, 22, após ter sido internado por problemas psicológicos, enquanto outros estariam apresentando desvios como o consumo excessivo de álcool, informaram fontes médicas.

 

Veja também:

blog Veja no blog como foi a operação

especialSaiba quem são os mineiros

especialESPECIAL: Como foi feito o resgate

 

Edison Peña, de 33 anos, que era chamado de mineiro atleta por seu costume de correr dez quilômetros diários nas galerias da mina, foi internado ontem em Copiapó após apresentar uma síndrome de angústia e, segundo a imprensa local, também teve intoxicação alcoólica.

 

Hoje, ele abandonou o hospital e viajou à capital, onde será recebido na segunda pelo presidente Sebastián Piñera junto aos outros 32. O governante também jogará uma partida de futebol com os mineradores.

 

O médico diretor da Associação Chilena de Segurança, Jorge Díaz, disse que Peña apresentava os primeiros sintomas de um quadro de stress pós-traumático. O mineiro teria desenvolvido um quadro "muito severo", e deve continuar o tratamento com psicólogos na capital.

 

Outros cinco mineiros deram entrada hoje na clínica da associação para serem tratados por psicólogos. Ontem, meios chilenos informaram queao menos cinco do grupo teriam problemas com alcoolismo, o que os médicos não confirmaram.

 

O retorno à vida social, que no Chile é feito com um copo de vinho, provavelmente iria causar problemas em algum dos trabalhadores, o que já havia sido visualizado pela equipe médica a cargo do resgate.

 

Por isso, o grupo médico tentou mantê-los no hospital mais do que as 48 horas necessárias após o resgate, ocorrido em 13 de outubro. O psicólogo Alberto Iturra, da Associação Chilena de Segurança, disse que o período de isolamento "não foi possível" e que agora os custos disso estão sendo pagos.

Tudo o que sabemos sobre:
mineirosChileangústiastress

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.