Ministro da Defesa da Colômbia renuncia após críticas e ataques

O ministro de Defesa da Colômbia, Rodrigo Rivera, se demitiu nesta quarta-feira em meio a crescentes críticas das forças de segurança e mais ataques de rebeldes de esquerda no país, disse uma fonte do ministério.

REUTERS

31 de agosto de 2011 | 12h34

Rivera estava no cargo desde que o presidente Juan Manuel Santos assumiu o poder em agosto de 2010, e outras fontes do governo disseram que a saída dele pode levar a uma ampla reestruturação no comando das Forças Armadas e da polícia nacional.

Tudo o que sabemos sobre:
COLOMBIAMINISTROSEGURANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.