Ministro da Economia do Peru renunciou, diz imprensa peruana

Ex-funcionário do FMI, Luis Valdivieso ocupava o cargo desde 14 de julho; afastamento ainda não foi confirmado

Efe,

19 de janeiro de 2009 | 19h05

O ministro de Economia peruano, Luis Valdivieso, apresentou nesta segunda-feira, 19, sua renúncia ao presidente Alan García, informou a imprensa local, que não expôs os motivos da medida. Valdivieso, ex-funcionário do Fundo Monetário Internacional, renunciou ao cargo que ocupa desde 14 de julho e, segundo a emissora Radio Programas del Perú, será substituído na segunda-feira pelo antecessor, Luis Carranza. O Ministério da Economia, que ainda não confirmou a renúncia, afirmou apenas que, nas próximas horas, emitirá um comunicado oficial no qual explicará a situação. Valdivieso assumiu o cargo com a tarefa de manter o bom desempenho da economia peruana e enfrentar os problemas de inflação que afetavam o país. No entanto, Valdivieso teve que enfrentar a explosão da crise financeira internacional e preparar um plano de contingência para preservar o crescimento da economia peruana. 

Tudo o que sabemos sobre:
Perueconomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.