Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Missão da OEA discute com Colômbia relação com Equador

Objetivo é obter informações sobre a situação das relações entre os países, rompidas desde março

EFE

24 de janeiro de 2009 | 03h18

Uma missão da Organização dos Estados Americanos (OEA) liderada pelo embaixador boliviano Víctor Rico se reuniu nesta sexta-feira com membros do Governo colombiano para "obter informações" sobre a situação atual das relações entre Colômbia e Equador, rompidas desde março passado. O diplomata da OEA se reuniu com o ministro da Defesa Juan Manuel Santos, o procurador Mario Iguarán, o chanceler Jaime Bermúdez e outros representantes do Governo e disse que a missão também viajará ao Equador para encontros parecidos. "O propósito é obter maior informação possível sobre a situação atual das relações entre os dois países e as dificuldades que se encontram para o restabelecimento desse clima de confiança", disse Rico. Segundo ele, em breve será apresentado um relatório que será levado ao secretário-geral da OEA, José Miguel Insulza, no qual se "recolherá toda a informação recebida" e serão postas "algumas recomendações e iniciativas". Rico disse ainda que existem vários assuntos de preocupação no Equador que foram levados neste sábado ao Governo da Colômbia. "Não é a primeira vez que fazemos isso e também há preocupação do Governo e do Estado colombiano que levaremos ao Equador quando formos a esse país", frisou. A missão da OEA esteve também, na quinta-feira passada, visitando a região de Putumayo, na fronteira com o Equador, para recolher informação com os habitantes sobre a situação da região.

Tudo o que sabemos sobre:
COLÔMBIAEQUADOROEA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.