Morador de Buenos Aires se acha o mais culto da América Latina

Para 70% dos moradores da capital argentina, quem vive na cidade tem nível cultural mais elevado, diz pesquisa

Efe,

24 de maio de 2009 | 21h54

Dois em cada três moradores de Buenos Aires se acha mais culto do que o resto dos latino-americanos, revela uma pesquisa publicada neste domingo, 24, pelo jornal Perfil.

Para 63% dos entrevistados pelo Centro de Estudos de Observação Portenho, o morador da cidade é mais culto que o resto dos latino-americanos. Ao menos 70% considera ser uma pessoa de alto nível cultural.

A pesquisa indica que 58% dos moradores da capital argentina prefere ir ao cinema quando quer fazer um passeio cultural. Shows de música estão em segundo lugar, com 20% da preferência e peças de teatro, em terceiro, com 13,6%.

O levantamento diz ainda que 23% dos portenhos toca algum instrumento musical e 21% sai para dançar periodicamente.

Apesar da elevada autoestima cultural, apenas 22% dos moradores de Buenos Aires frequentam os centro culturais locais com assiduidade. Ao menos 40% nunca visitaram um deles e 38% nunca foram a um museu.

Tudo o que sabemos sobre:
Argentinacultura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.