Morales: Confiança ajudará a resolver atrito entre Bolívia-Chile

O presidente da Bolívia, Evo Morales,apostou neste domingo no fortalecimento da confiança com oChile para resolver a questão de uma saída para o mar de seupaís. Mas o presidente, que enfrenta uma forte oposiçãoconservadora interna, não quis revelar os próximos passos dodiálogo entre La Paz e Santiago, que romperam relaçõesdiplomáticas por causa do pedido boliviano de um acesso aoPacífico, perdido devido a uma guerra no século 19. "Para resolver qualquer tema, seja regional, familiar,internacional, com nossos vizinhos, a confiança é importante",disse Morales em seu discurso central no "Dia do Mar", emhomenagem a Eduardo Avaroa, grande herói da Bolívia na Guerrado Pacífico. O governante pediu para fortalecer "a confiança entre asduas forças sociais e entre as forças armadas da Bolívia eChile", assegurando que em seu governo de pouco mais de doisanos foram dados "passos importantes entre dois países quequerem resolver um problema histórico como é o tema do mar". No ano passado, as força militares chilenas prestaram pelaprimeira vez homenagem a Avaroa, e a imprensa anunciou nasemana passada que as tropas bolivianas participarão deexercícios internacionais no Chile, passos que pareciamimpossíveis na década passada. "A Bolívia jamais deixará de lutar para recuperar um marcom soberania", disse o líder esquerdista. (Por Alberto Quiroga)

REUTERS

23 de março de 2008 | 14h52

Tudo o que sabemos sobre:
BOLIVIACHILEMAR

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.