Morales diz a Putin que espera investimento da Rosneft apesar de sanções

O presidente da Bolívia, Evo Morales, disse nesta quarta-feira ao presidente russo, Vladimir Putin, que espera investimentos da petrolífera NK Rosneft OAO, que foi incluída pelos Estados Unidos numa lista de sanções devido à crise na Ucrânia.

REUTERS

16 Julho 2014 | 19h56

Morales, falando durante reunião com Putin em Brasília, disse que a Bolívia está esperando a Rosneft para fazer acordos porque a presença e o investimento da Rússia fortalecem o país.

A Rosneft foi incluída numa lista de empresas sancionadas pelos Estados Unidos, que acusam Moscou de não contribuir para atenuar a crise na Ucrânia.

(Reportagem de Alexei Anishchuk)

Mais conteúdo sobre:
BOLIVIARUSSIAROSNEFT*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.