Morales se declara vitorioso em eleição na Bolívia

O presidente boliviano, Evo Morales, se declarou vencedor por uma grande maioria nas eleições de domingo, o que lhe permitirá governar por outros cinco anos para consolidar sua "revolução" indígena e aprofundar o controle do Estado sobre a economia.

CARLOS ALBERTO QUIROGA E SILENE RAMÍREZ, REUTERS

07 de dezembro de 2009 | 07h52

Diante de milhares de seguidores na praça em frente ao Palácio de Governo em La Paz, Morales garantiu que obteve 63 por cento dos votos, em linha com as pesquisas de boca-de-urna, que lhe deram 61 por cento dos votos.

Popular por suas políticas sociais em um país com 60 por cento da população vivendo na pobreza, ele enfrenta agora o desafio de aprofundar a nacionalização da economia sem espantar os investidores de que o país precisa para desenvolver seus campos de gás natural e sua indústria de mineração.

"Aqui, com mais de 63 por cento, foi imposto este processo de transformações no estrutural, no social, no cultural, no econômico", disse Morales emocionado em meio aos gritos de "Evo, de novo. Evo, de novo".

"Viva a Bolívia!", gritou um efusivo Morales, para logo depois prometer aprofundar e acelerar o processo de mudança, ao mesmo tempo que convocou todos os setores para o diálogo, visando a aplicação da Constituição que promoveu.

Os números oficiais da votação serão conhecidos na segunda-feira, devido a um atraso na contagem dos votos.

O principal rival de Morales, o ex-militar Manfred Reyes Villa, que teria conseguido entre 23 e 25 por cento dos votos segundo as projeções, não reconheceu diretamente a derrota, mas fez referências a trabalhar na oposição.

"Assim que conhecermos os resultados oficiais... vamos fazer a trincheira do equilíbrio da democracia, uma oposição sempre construtiva", disse ele em Santa Cruz, um centro da oposição a Morales.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLIVIAMORALESDECLARA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.