Morales se recupera bem de cirurgia no nariz, diz Chávez

O presidente da Bolívia, Evo Morales, submeteu-se na terça-feira a uma bem-sucedida cirurgia para corrigir um desvio do septo nasal, segundo relato feito por seu colega e aliado venezuelano, Hugo Chávez. Em La Paz, o porta-voz governamental Iván Canelas leu na noite de terça-feira um comunicado onde confirmou a notícia dada por Chávez e esclareceu que a cirurgia foi realizada "por médicos cubanos". Em ato na terça-feira na Venezuela ao lado de outro presidente esquerdista da América do Sul, o equatoriano Rafael Correa, Chávez anunciou: "Última hora - Evo se saiu bem na operação e está em recuperação". Antes, Chávez havia explicado que "o índio tem o septo desviado, e então às vezes se complica com a respiração". Em tom de brincadeira, ele negou que Morales, indígena da etnia aimará, estivesse fazendo uma plástica para afinar o nariz. "Ao meio-dia de hoje (terça-feira), realizou-se no presidente Evo Moraes uma técnica cirúrgica para a correção do desvio do septo nasal", disse Canelas. A operação e o processo de recuperação "resultaram satisfatórios", acrescentou. Morales esteve na segunda-feira em Caracas para atos comemorativos dos dez anos da posse de Chávez como presidente. Na ocasião, vários presidentes esquerdistas da América Latina participaram de uma cúpula da Alba (Alternativa Bolivariana dos Povos da Nossa América, entidade criada por Chávez como contraponto à Área de Livre Comércio das Américas que os EUA tentaram implantar há alguns anos). Morales havia dito anteriormente que seus médicos lhe haviam recomendado que se submetesse a uma cirurgia para corrigir um problema nasal, e que isso ocorreria quando ele encontrasse espaço em sua agenda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.