Morre 1 pessoa em desocupação de área de vulcão no Chile

Vulcão Chaitén entrou em atividade na madrugada de sexta-feira, com uma explosão inusitada

REUTERS

04 de maio de 2008 | 13h32

Uma pessoa morreu durante as operaçõesde retirada dos moradores realizadas em Chaitén, no Chile,devido à atividade de um vulcão, informou a imprensa localneste domingo. O vulcão Chaitén, sobre o qual não se tinha registro deerupção, entrou em atividade na madrugada de sexta-feira, comuma explosão inusitada. Uma mulher de 92 anos teria morrido em um ferry, enquantoera trasladada de Chaitén a Puerto Montt, segundo a imprensalocal, com outros idosos. A morte ocorreu durante as últimasoperações de retirada dos moradores das áreas próximas aovulcão. O serviço de emergência chileno ainda tentava confirmara morte. Cerca de 4.000 pessoas foram retiradas do local sob agrande nuvem de fumaça que cobre a região, que chegou aalcançar o território argentino.O vulcão Chaitén, a 1.300 quilômetros ao sul de Santiago, estálocalizado a 10 quilômetros do vilarejo de mesmo nome. (Reportagem de Manuel Farías)

Tudo o que sabemos sobre:
CHILEVULCAOMORTO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.