Morre ministro da Defesa e vice-presidente cubano Julio Casas

O general Julio Casas Regueiro, um dos participantes da Revolução Cubana de 1959 e vice-presidente do Conselho de Estado, morreu no sábado vítima de uma parada cardiorrespiratória, informou a TV estatal.

REUTERS

03 Setembro 2011 | 17h13

Casas Regueiro tinha 75 anos e foi nomeado em fevereiro de 2008 novo ministro das Forças Armadas Revolucionárias, cargo ocupado durante quase meio século pelo atual presidente cubano, Raúl Castro.

Em fevereiro de 2008, o também general Raúl Castro substituiu o irmão Fidel na Presidência de Cuba devido aos problemas de saúde enfrentados pelo ex-líder.

"É com profundo pesar que a direção do Partido (Comunista) e do Estado comunica ao nosso povo que o general de Exército, Julio Casas Regueiro, membro do Bureau Político e vice-presidente do Conselho de Estado, faleceu nesta capital, às 13h20, em consequência de uma parada cardiorrespiratória", dizia um comunicado oficial lido pela TV estatal.

Casas Regueiro era deputado da Assembleia Nacional desde 1981 e membro do Comitê Central do Partido Comunista (PCC) desde 1975.

(Por Nelson Acosta)

Mais conteúdo sobre:
CUBA VICEPRESIDENTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.