Morre mulher de 82 anos que se casou com jovem de 24

Adelfa Volpi se casou com o filho de uma amiga falecida em setembro; casal passou lua-de-mel no Rio

Efe,

22 de outubro de 2007 | 11h28

Adelfa Volpe, a argentina de 82 anos que no final de setembro se casou com um jovem de 24 anos, morreu em um hospital da cidade de Santa Fe por causa de uma arritmia cardíaca, informaram nesta segunda-feira, 22, fontes médicas.   A idosa morreu por volta da meia-noite de domingo, após ter ficado internada no hospital San Jerónimo por conta de uma arritmia e dores no peito, que se complicou com problemas respiratórios, disseram as fontes.   Segundo a imprensa local, Adelfa foi internada na quinta em uma unidade de tratamento intensivo depois de ter sofrido um acidente vascular cerebral que a manteve em estado grave.   Em 28 de setembro, Adelfa tinha se casado com Reinaldo Wavegche, de 24 anos, em um cartório civil de Santa Fe, 500 quilômetros ao norte de Buenos Aires, em meio a vários curiosos e jornalistas aos quais disseram que "nunca" lhes importou a grande diferença de idade entre eles.   O casal, que há dez dias tinha retornado da lua-de-mel no Brasil, convivia há seis anos, quando a mãe de Reinaldo - amiga íntima de Adelfa - morreu. Os dois pretendiam fazer a próxima viagem à Espanha.   Adelfa tinha um problema cardíaco que periodicamente requeria uma revisão médica, e na semana passada foi internada, quando Reinaldo disse que ficaria com "o coração partido" se ela morresse. "Não vou me resignar em pensar que a perdi. Rezo por ela", disse o marido após a morte da idosa.   A idosa nao tinha filhos ou familiares para se colocar contra a união. Segundo o jornal argentino Clarín, Adelfa doou parte de seus bens e ficou com uma casa típíca de classe média no bairro Roma, onde o casal vivia.

Tudo o que sabemos sobre:
Adelfa VolpiArgentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.