Mortes por chuvas na Colômbia chegam a 144

Mais cinco pessoas, incluindo duas crianças, morreram na segunda-feira por causa de um deslizamento na região central da Colômbia, o que eleva a 144 o número de vítimas fatais pelas chuvas desde julho.

REUTERS

22 de novembro de 2010 | 20h21

Autoridades disseram que o deslizamento ocorreu na localidade de Pensilvania, departamento de Caldas, e atingiu duas casas de camponeses. Outras três pessoas desapareceram.

O governo decretou estado de calamidade pública na semana passada para acelerar a liberação de verbas para as vítimas das chuvas, as piores do país em mais de cinco décadas, causadas pelo fenômeno La Niña.

Segundo dados oficiais, já são mais de 1,2 milhão de afetados, com 1.700 casas destruídas e 22 desaparecidos. As inundações, deslizamentos e a destruição de pontes e estradas afeta 28 dos 32 departamentos colombianos, inclusive Bogotá, a capital de 7 milhões de habitantes.

O governo pediu doações ao setor privado e à comunidade internacional.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)

Tudo o que sabemos sobre:
COLOMBIACHUVAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.