Mulher sobrevive à queda do 23o andar de um hotel na Argentina

Uma mulher argentina sobreviveu depois de pular do 23o andar de um hotel no centro de Buenos Aires na segunda-feira, caindo sobre um táxi, informou a agência estatal de notícias.

REUTERS

24 de janeiro de 2011 | 20h18

A mulher de 33 anos estava na unidade de terapia intensiva de um hospital na capital argentina depois da tentativa de suicídio, segundo a agência Telam.

O taxista Miguel Cajal disse que saiu de seu carro e correu para um local seguro quando viu um policial olhando para a mulher, que estava num andar superior do hotel Panamericano.

"Se eu não tivesse saído, teria morrido", afirmou Cajal, de 39 anos, à televisão local. Ele mostrou fotos de seu veículo destroçado, para-brisa e teto esmagados pelo impacto da queda da mulher.

(Reportagem de James Matthews)

Tudo o que sabemos sobre:
ARGENTINAMULHERSOBREVIVE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.