Naufrágio mata 49 pessoas que tentavam chegar a Porto Rico

Identificados como dominicanos, apenas dois sobreviveram e foram resgatados por pescadores no Haiti

Efe,

05 de dezembro de 2008 | 20h37

Um naufrágio matou nesta sexta-feira, 5, 49 dominicanos que tentavam chegar a Porto Rico, segundo dois sobreviventes resgatados por pescadores em Bellance (Haiti), informaram fontes locais. Os dois sobreviventes, identificados como Cionito Rodríguez e Reinaldo Gil, foram levados de Ballance a Pedernales (sudoeste dominicano). Ainda nesta sexta eles serão transferidos em um helicóptero a um hospital da capital dominicana, disse o porta-voz da Marinha de Guerra local, Benny Batista. Rodríguez e Gil, naturais do município dominicano de San Francisco de Macorís (nordeste), foram resgatados por dois pescadores que os encontraram em um estado de saúde precário. Os dois sobreviventes disseram às autoridades que o grupo de imigrantes ilegais saiu rumo a Porto Rico de La Romana, leste da República Dominicana, em 22 de novembro. Eles Explicaram que o naufrágio ocorreu depois de a embarcação ficar sem combustível, e de um dos responsáveis por conduzi-la se atirar na água. Batista indicou que a Marinha de Guerra coordena com o Serviço de guarda-costeira dos Estados Unidos e a Força Aérea Dominicana uma operação pela costa sul do Haiti na busca por possíveis sobreviventes.

Tudo o que sabemos sobre:
Porto Riconaufrágio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.