Navio britânico quebra no estreiro de Magalhães; 10 resgatados

Ninguém ficou ferido; embarcação perdeu a propulsão dos motores e deve ser consertada ainda hoje

Associated Press,

17 de dezembro de 2008 | 03h51

A Marinha chilena resgatou 10 passageiros civis que estavam no navio da marinha britânica Endurance, que perdeu a propulsão dos seus motores quando navegava pelo estreito de Magalhães. Não houve feridos, nem se conhecem as causas da pane, segundo a nota oficial sobre o incidente. Os civis foram levados de helicóptero às instalações do farol do Félix, da marinha do Chile. Um rebocador, um helicóptero e uma lancha militar, além do navio cruzeiro Norwegian Sun, estão na região para prestar socorro ao Endurance. Os consertos devem ser concluídos na manhã desta quarta-feira. Se for necessário rebocar a embarcação britânica, ela será levada a Punta Arenas, cidade mais ao sul do território chileno.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.