Néstor Kirchner vai renunciar à presidência do partido peronista

O ex-presidente argentino Néstor Kirchner vai renunciar nesta segunda-feira à presidência do partido peronista, atualmente no governo, depois da derrota registrada nas urnas nas eleições legislativas de domingo, informou a mídia local.

REUTERS

29 de junho de 2009 | 14h03

Kirchner, considerado o homem forte do governo liderado por sua mulher, a presidente Cristina Kirchner, perdeu a disputa pela província de Buenos Aires, por uma pequena margem, para outra facção do peronismo encabeçada pelo empresário Francisco De Narváez.

Não houve confirmação oficial da notícia veiculada pelas redes de tevê Todo Noticias, America e C5N.

(Reportagem de Lucas Bergman)

Tudo o que sabemos sobre:
ARGENTINANKIRCHNERRENUNCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.