Nicarágua move tropas na fronteira, diz governo de Honduras

Governo interino pediu que Nicarágua respeite soberania hondurenha e disse estar disposta a dialogar com OEA

Reuters,

05 de julho de 2009 | 17h49

O presidente interino de Honduras disse neste domingo, 5, que a vizinha Nicarágua, aliada do presidente deposto Manuel Zelaya, está mobilizando tropas na fronteira. "Fomos informados [...] que no setor da Nicarágua há algumas tropas se movendo até a fronteira e pedimos ao senhor presidente (Daniel) Ortega que por favor respeite nossa soberania", disse em cadeia nacional Roberto Micheletti.

 

Veja também:

mais imagens Galeria com imagens de protestos em Honduras

linkAeronáutica hondurenha diz que Zelaya vai para El Salvador

especialEntenda a origem da crise política em Honduras

som Podcast: De Honduras, Gustavo Chacra comenta expectativas para volta de Zelaya

som Podcast: Representante da OEA analisa atual situação em Honduras

som Podcast: Professor da Unesp analisa Golpe de Estado em Honduras

som Podcast: Especialista teme que países sigam o exemplo

linkPerfil: Eleito pela direita, Zelaya fez governo à esquerda

lista Ficha técnica: Honduras, um país pobre e dependente dos EUA  

 

Além disso, o governo interino se mostrou disposto a conversar com uma missão da Organização dos Estados Americanos (OEA) sobre a crise política no país. "Comunico à OEA em uma nota (Honduras) está disposta em designar uma delegação com o fim de conduzir conversas de boa fé com representantes de Estados membros da organização acompanhados da secretaria geral", disse a vice-chanceler interina Martha Alvarado, em comunicado junto com Micheletti.

Tudo o que sabemos sobre:
NocaráguaHondurasgolpe de Estado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.