Nicarágua pede apoio do Irã para setor agrícola

Segundo Ortega, programa permitirá obter recursos para os produtores; valor não foi informado

Efe,

02 de maio de 2008 | 02h57

O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, pediu nesta quinta-feira, 1, a seu colega do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, apoio para financiar um programa que estimule a produção no setor agrícola do país. Durante um longo discurso no município de Estelí, 149 quilômetros ao norte de Manágua, o líder nicaragüense indicou que essa proposta foi enviada ao embaixador do Irã na Nicarágua, Akbar Esmaeil-Pour, com quem se reuniu na tarde desta quinta-feira. Ortega assinalou que esse programa, que tem um custo não revelado, permitirá obter do Irã crédito favorável para os produtores, mas não informou o montante da taxa de juros. Também permitirá que os produtores nicaragüenses reunidos em cooperativas possam receber ajudas agrícolas, tratores, fertilizantes e até "pequenos pontos para processar leite que podem ser instalados em diferentes locais, onde hoje não há capacidade para fornecer esse leite". O líder sandinista explicou que o objetivo dessa ajuda do Irã é incentivar os pequenos, médios e grandes produtores agropecuários, e dessa forma fazer frente à crise alimentícia na região.

Tudo o que sabemos sobre:
agriculturaNicaráguaIrã

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.