Reuters/Palácio de Miraflores
Reuters/Palácio de Miraflores

Nível da represa El Guri começa a subir, diz Chávez

Governo culpa seca pela crise energética; oposição afirma que governo estava despreparado

16 de abril de 2010 | 19h55

Reuters

 

CARACAS- O nível da represa El Guri, que abastece 70% da Venezuela, começou a subir esta semana, diminuindo o temor de um colapso elétrico no país, disse nesta sexta-feira, 16, o presidente Hugo Chávez.

 

Veja também:

linkCrise energética tende a desaperecer, diz ministro de Energia venezuelano

 

O maior exportador de petróleo na América do Sul declarou emergência elétrica em janeiro, após sofrer vários apagões na capital Caracas e no interior do país nos últimos dois anos, irritando os venezuelanos enquanto se aproximam as eleições legislativas, em setembro.

 

"A notícia é que o nível da El Guri aumentou em um centímetro, começou a recuperação do nível de água", disse Chávez na televisão estatal.

 

O país já viu o nível da El Guri descer 15 a 20 cm por dia há semanas, apesar da economia de energia obrigatória instituída pelo governo, que alguns usuários consideram desordenada.

 

O governo garantiu que a seca ameaçava deixar o país sem eletricidade, enquanto seus adversários afirmam que o país deveria estar preparado para enfrentar a situação há anos, em vez de começar um plano de emergência para instalar usinas termelétricas somente agora.

 

Na quinta, o ministro para Energia Elétrica, Ali Rodriguez, afirmou que o perigo de um colapso energético havia desaparecido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.