Mrio Ruiz/EFE
Mrio Ruiz/EFE

Normalização de relações entre EUA e Cuba é histórica, diz Bachelet

Presidente do Chile elogiou a reaproximação dos países e declarou que a atitude é motivo de 'orgulho' para a América Latina

EFE

18 de dezembro de 2014 | 10h38

A presidente do Chile, Michelle Bachelet, qualificou nesta quarta-feira, 17, de "histórico" o anúncio da normalização das relações entre Estados Unidos e Cuba interrompidas há 53 anos.

"Gostaria de felicitar os governos dos Estados Unidos e de Cuba por este passo histórico. Por esta decisão de normalizar as relações entre seus países, que tinham estado por tanto tempo cortadas", disse a presidente durante a cerimônia de graduação dos oficiais da Escola de Aviação.

Ela afirmou que a notícia "vai na direção correta, nos parece que é uma decisão justa, e toda América está orgulhosa deste passo histórico".

"O avaliamos profundamente, apoiamos, sem dúvida, e fazemos votos para que a normalização aconteça brevemente em todos os sentidos", enfatizou.

"Estamos muito contentes, vocês viram que os presidentes de muitos países de nossa região assim o manifestaram e achamos de verdade que estamos vivendo um momento extraordinariamente importante e histórico para nossa região".

Mais conteúdo sobre:
ChileCubaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.