Nove pessoas são assassinadas a tiros em festa no norte do México

Assassinos invadiram casa e dispararam indiscriminadamente em Ciudad Juárez; 9 estão feridos

estadão.com.br,

18 de outubro de 2010 | 21h23

CIUDAD JUÁREZ, MÉXICO- Nove pessoas foram mortas a tiros na madrugada desta segunda-feira, 18, após pistoleiros terem invadido uma festa em Ciudad Juárez, no norte do México, cidade mais violenta do país. Outras nove, ao menos seis da mesma família, ficaram feridas. As informações são da agência de notícias AFP.

 

Os nove assassinados têm entre 29 e 60 anos e quatro são mulheres, todas parentes. Segundo a Secretaria de Segurança do estado de Chihuahua, os assassinos dispararam indiscriminadamente.

 

Segundo a Procuradoria do estado, outras nove pessoas foram assassinadas entre a noite de domingo e hoje em diferentes ações.

 

Nos últimos três anos, cerca de 6.500 pessoas foram mortas na cidade que faz fronteira com El Paso, no Texas, e que é cenário de uma luta entre os cartéis de Juárez e Sinaloa, que disputam as rotas do narcotráfico e o mercado de drogas local.

 

Desde que o presidente Felipe Calderón assumiu o poder, em dezembro de 2006, e declarou guerra contra o narcotráfico, mais de 29 mil pessoas morreram em todo o país, vítimas do crime organizado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.