Número de mortos em deslizamento na Colômbia chega a 28

Primeira-dama colombiana compareceu ao sepultamento de oito vitimas na cidade de Medellín

Efe,

03 de junho de 2008 | 04h07

Com o resgate do cadáver de uma jovem de 14 anos, já chega a 28 o número de pessoas mortas pelo deslizamento que afetou, no último dia 31, um bairro da cidade colombiana de Medellín, informaram fontes oficiais. O sepultamento de oito vítimas foi realizado nesta segunda-feira, 2, com a presença da primeira-dama da Colômbia, Lina Maria Moreno de Uribe. O cadáver da jovem Yuliana Álvarez foi resgatado dos escombros de uma das 20 casas destruídas pela avalanche do último fim de semana, que afetou o populoso setor de El Socorro, deixando outras 16 pessoas feridas. Os meteorologistas da Colômbia disseram nesta segunda que mantêm os alertas de inundações declarados para uma grande parte do país, apesar da diminuição da intensidade das chuvas. "A tendência é de condições menos úmidas em boa parte do território nacional", informou em Bogotá o Instituto de Hidrologia, Meteorologia e Estudos Ambientais (Ideam), esclarecendo, no entanto, que isto "não significa que o período chuvoso tenha terminado". O centro explicou que o país registrou precipitações menores nas últimas horas, depois das chuvas torrenciais que caíram no final de semana passado em várias regiões do país. Em um relatório sobre as das condições meteorológicas do país, o Ideam indicou que se mantêm os alertas de deslizamentos para áreas de 12 dos 32 departamentos do país, a maioria deles na região andina. As advertências têm alcance sobre grandes centros urbanos, como Medellín e outras cinco capitais regionais. O país enfrenta desde o início do ano uma temporada de chuvas que se aguçou em meados de maio e que, segundo as autoridades meteorológicas, ainda se prolongará por todo o mês de junho.

Tudo o que sabemos sobre:
deslizamentoColômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.