ONU estende missão de paz no Haiti por mais um ano, mas reduz efetivo militar

Número de integrantes das forças de paz da ONU no país caribenho será cortado em 15% até junho de 2013

Reuters

12 de outubro de 2012 | 19h55

O Conselho de Segurança da ONU aprovou nesta sexta-feira a extensão da missão de paz no Haiti por mais um ano, mas reduziu o número de integrantes das forças de paz em cerca de 15%, enquanto entrega a responsabilidade da segurança a forças nacionais do país caribenho.

O conselho, formado por 15 nações, aprovou por unanimidade uma redução das forças autorizadas em 1.710 oficiais. Com isso, o efetivo de 10.000 integrantes das forças de paz da ONU no Haiti será reduzido para 8.871. A retirada será gradual e concluída em junho de 2013.

A recomendação foi dada pelo secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon. 

O Haiti ainda se esforça para se recuperar de um forte terremoto em janeiro de 2010 que matou cerca de 300 mil pessoas e deixou mais 1,5 milhão de desabrigados.

(Reportagem de Michelle Nichols e Louis Charbonneau)

Tudo o que sabemos sobre:
CONSELHODESEGURANADAONUREDUZMISSODEP*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.