Onze dias após terremotos, homem é encontrado vivo no Haiti

Um grupo de saqueadores foi quem advertiu o resgate de que havia ouvido vozes no local

Agência Estado, AP e Reuters

23 de janeiro de 2010 | 19h12

A primeira atitude de Wismond foi perguntar por seus familiares. Foto: Tomas Bravo/Reuters

 

Um homem de 24 anos foi resgatado vivo dos escombros de uma quitanda que vendia frutas e vegetais hoje em Porto Príncipe, no Haiti, 11 dias depois do terremoto que destruiu a cidade. O resgate durou cerca de sete horas.

 

Enquanto Exantus Wismond esteve sob os escombros, os oficiais tiveram de fazer um túnel para levar água até o sobrevivente que quando foi resgatado declarou que estava com fome e queria saber de seus familiares. Wismond foi localizado graças a saqueadores que estavam no local e ouviram o jovem pedir ajuda.

 

No início do dia de hoje, as Nações Unidas anunciaram o final da operação de resgate, o que foi negado pelo governo haitiano. Mesmo assim, dúzias de equipes continuam procurando por vidas no meio dos escombros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.