Onze pessoas morrem em incêndio de ônibus em El Salvador

Assaltantes teriam jogado gasolina no veículo e trancado passageiros antes de atearem fogo

estadão.com.br

21 de junho de 2010 | 11h20

 

SAN SALVADOR - Pelo menos 11 passageiros foram mortos e oito ficaram feridos no domingo a noite quando assaltantes atearam fogo a um ônibus na cidade de San Salvador em El Saldador, disse a Polícia local.

 

Testemunhas disseram que pessoas em motocicletas interceptaram o ônibus, o molharam com gasolina e fecharam as portas com os passageiros dentro.

 

Autoridades tentaram quebrar as janelas para ajudar as pessoas a escapar do ônibus incendiado, disse a Polícia Civil Nacional de El Salvador. Equipes de emergência transportaram 13 passageiros para um hospital próximo.

 

Dez minutos depois, um grupo abriu fogo contra um outro ônibus a algumas quadras de lá, disse a polícia, matando uma menina de 11 anos de idade e o condutor do ônibus.

 

A Polícia diz que suspeita que os incidentes estejam ligados, e que membros de gangues estejam envolvidos nos ataques. Eles disseram que não descartaram a possibilidades de que os ataques aos ônibus sejam uma represália contra motoristas que não haveriam pago "pedágio" às gangues.

 

Investigadores detiveram três pessoas - um deles com gasolina na roupa, disse a Polícia.

Tudo o que sabemos sobre:
incêndioviolênciaEl Salvadorcrime

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.