Operação de resgate na Colômbia termina com quatro mortos

O governador disse que a operação foi realizada por tropas da Quarta Brigada do Exército Nacional

EFE

26 de janeiro de 2008 | 01h58

Um cidadão turco que tinha sido seqüestrado há dois meses no noroeste da Colômbia morreu hoje junto com três supostos guerrilheiros do Exército de Libertação Nacional (ELN) em uma operação militar de resgate, informaram fontes governamentais regionais. Resep Yildirim morreu em um hospital de Medellín, para onde foi levado com um ferimento de arma de fogo, disse o governador do departamento de Antioquia, Luis Alfredo Ramos. "Foram mortos três seqüestradores, mas infelizmente o seqüestrado morreu", afirmou Ramos à imprensa local. O governador disse que a operação foi realizada por tropas da Quarta Brigada do Exército Nacional, com sede em Medellín, e se centrou nas montanhas de Santo Domingo, localidade na qual ocorreu o seqüestro. Yildirim, de 43 anos, foi capturado em 24 de novembro em um prédio rural de sua propriedade, situado em Porce, aldeia de Santo Domingo. Ele tinha estabelecido no local um criadouro de ovelhas. A Polícia Nacional informou que o turco tinha se casado com uma colombiana de Medellín e estava radicado na região há seis anos.

Tudo o que sabemos sobre:
Farc

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.