Opositores bolivianos saqueiam órgãos estatais em Santa Cruz

Manifestantes exigem que Evo devolva renda do petróleo que foi retirada do orçamento dos Departamentos

Efe,

09 de setembro de 2008 | 21h11

Grupos de opositores ao governo da Bolívia tomaram e saquearam nesta terça-feira, 9, na cidade de Santa Cruz, as sedes de várias entidades estatais, como o escritório de impostos e o Instituto para a Reforma Agrária (Inra), informou a imprensa local. Veja também:Oposição boliviana invade distribuidora de gás ao Brasil Fotos: Efe Os opositores também tomaram a sede de Santa Cruz da empresa estatal de telecomunicações Entel, destruindo sua fachada e organizando barricadas com fogo diante das portas das instalações.  Nos enfrentamentos, foi possível ver pelo menos um militar e vários jovens feridos. Desde as 10 horas (11 horas, de Brasília), policiais e militares protagonizaram nesta terça uma batalha campal com os grupos de opositores, majoritariamente jovens.  Os manifestantes exigem que Evo devolva às regiões a renda petroleira que o governo decidiu destinar, em janeiro, para um benefício aos idosos.

Tudo o que sabemos sobre:
Bolíviaprotestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.