Panamá anuncia extradição de braço direito de Abadía

William Johnny Tamayo Hernández, acusado de tráfico de drogas e assassinato, foi preso na semana passada

Efe,

17 de outubro de 2008 | 16h23

As autoridades panamenhas extraditaram aos Estados Unidos o colombiano William Johnny Tamayo Hernández, detido na semana passada na Cidade do Panamá, sob acusação de ser o braço direito do traficante Juan Carlos Ramírez Abadía, também colombiano e capturado no Brasil em 2007.  Veja também:Abadía declara inocência e será ouvido em 10 de setembro Capturado em um restaurante no centro da capital panamenha, Hernández foi extraditado às 20h de quinta-feira, 17, (22h no horário de Brasília) em um vôo comercial para Nova York, sob custódia de agentes federais americanos, disse à agência Efe o porta-voz da Polícia Nacional do Panamá, Eduardo Lim Yueng. O Departamento Antidrogas Americano (DEA) já havia solicitado ao Panamá a captura e extradição de Tamayo Hernández, que também é requerido pela justiça colombiana, por tráfico internacional de drogas e assassinato. A Embaixada dos Estados Unidos no Panamá disse na semana passada que nenhum de seus órgãos participou da detenção do colombiano, coordenada pelas autoridades panamenhas após diversas semanas de "acompanhamento." Tamayo Hernández permaneceu até na quinta-feira nos calabouços da Polícia Nacional, considerado "o lugar mais seguro", enquanto se completavam os trâmites para sua extradição.

Tudo o que sabemos sobre:
AbadíaPanamá

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.