Papa envia US$ 200 mil para assistência emergencial no Peru

Vaticano diz que encoraja fiéis e órgãos de ajuda vinculados à Igreja a ajudar os desabrigados

Efe,

20 de agosto de 2007 | 08h00

O Papa Bento XVI enviou US$ 200 mil (cerca de R$ 420 mil) para ajudar a população atingida pelo terremoto do Peru, informou nesta segunda-feira, 20, o escritório de imprensa do Vaticano. Latas com fotos de Chávez e Humala causam polêmica no Peru   Em uma nota, o Vaticano explica que com este gesto, o Papa "deseja mostrar a rápida intervenção da Igreja em direção às pessoas que perderam seus entes queridos e suas posses".   Além disso, "encoraja todos os fiéis e organizações de ajuda vinculadas à Igreja a se empenhar em todas as ações possíveis de caridade em direção aos desabrigados".   O Vaticano lembrou que, como antecipou o Papa no domingo, o secretário de Estado, o cardeal Tarcisio Bertone, irá ao Peru na próxima semana em uma viagem já programada, "para levar um testemunho de solidariedade e a expressão da proximidade espiritual do Papa e sua segura oração".   Bertone explicou que durante a viagem ao Peru, como estava programado, assistirá ao Congresso Eucarístico e inaugurará uma nova Catedral, além de visitar "os locais golpeados pelo terremoto".

Tudo o que sabemos sobre:
PeruterremotoVaticanoBento XVI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.