Paraguai e Brasil estão em dívida com a Venezuela, diz Lugo

Paraguai e Brasil estão em dívidacom a Venezuela por atrasar a aprovação da entrada do país noMercosul, disse na quinta-feira o presidente eleito doParaguai, Fernando Lugo. Para que a Venezuela seja membro pleno do bloco devereceber a aprovação dos parlamentos de todos os integrantes doMercosul: Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Quase dois anos atrás, os presidentes dos sócios do blocoaprovaram a entrada da Venezuela no Mercosul, mas os Congressosde Brasil e Paraguai ainda precisam ratificar a decisão. "Acredito que os brasileiros e os paraguaios estamos emdívida com a Venezuela", disse Lugo em entrevista coletiva emMontevidéu, após reunir-se com o presidente uruguaio, TabaréVázquez, durante visita oficial. O presidente venezuelano, Hugo Chávez, reclamou em váriasocasiões da demora no processo e chegou a acusar os senadoresbrasileiros de responder aos interesses norte-americanos poratrasar a aprovação. (Reportagem de Patricia Avila)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.