Parte de Caracas fica sem energia

Parte de Caracas ficou sem energia na quinta-feira, em mais um incidente numa série de apagões que tem afetado a popularidade do presidente Hugo Chávez neste ano. O blecaute ocorreu na hora do rush. Semáforos ficaram desativados, e ao menos uma parte do metrô desta região metropolitana de 5 milhões de habitantes teve de parar. Muita gente preferiu andar a pé. Não há relatos de falta de energia em outras cidades importantes do país, onde no ano passado Chávez estatizou todas as grandes empresas elétricas. Neste ano, o país sofreu três apagões nacionais, e a escassez crônica de energia provoca protestos do Altiplano ocidental ao caloroso cerrado do sul. Especialistas dizem que a Venezuela durante anos deixou de fazer bilhões de dólares em investimentos necessários, deixando a geração elétrica 20 por cento abaixo do nível ideal. Chávez prometeu investir no setor, mas alertou que a melhora vai demorar. (Reportagem de Brian Ellsworth, Ana Isabel Martinez, Fabian Andres Cambero e Deisy Buitrago)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.