Jorge Silva/Reuters
Jorge Silva/Reuters

Partido de Chávez consegue vitória por votos apertada em eleições legislativas

Com 48,9% dos sufrágios, PSUV fica a dois assentos de garantir maioria abosluta na Assembleia

Reuters,

29 de setembro de 2010 | 18h43

CARACAS- O partido do presidente Hugo Chávez teve 5,45 milhões, ou 48,9% de votos nas eleições legislativas da Venezuela no último domingo, ao passo que a oposição conseguiu 5,33 milhões de sufrágios, ou 47,9% da preferência do eleitorado, informou o Conselho Nacional Eleitoral nesta quarta-feira, 29.

 

Veja também:

linkOposição busca nome de peso para enfrentar Chávez na eleição de 2012

linkResultado eleitoral aumenta divisão da sociedade

linkOposição pede que Chávez 'vire a página'

especialInfográfico: Raio X das eleições na Venezuela

 

Os resultados finais concedem ao Partido Socialista Unido da Venezuela 97 cadeiras no Parlamento, duas a menos do número necessário para uma maioria de dois terços que garantiria a Chávez poderes para governar por decreto.

 

A União Democrática, da oposição, conseguiu 65 assentos na Assembleia Nacional, e partidos pequenos ficaram com os três restantes.

 

Segundo Chávez, a presença da oposição no Parlamento não prejudicará sua agenda legislativa. O presidente prometeu acelerar suas reformas para implantar o "socialismo do século 21" no país.

 

O foco agora é na próxima eleição presidencial, para a qual a oposição pretende manter sua união para encontrar um candidato com apelo nacional com uma plataforma simples: ser antichavista.

 

O presidente tinha uma maioria confortável na Assembleia após as eleições de 2005, quando a oposição decidiu boicotar o pleito por suspeitas de fraude que depois não foram confirmadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.