Pelo menos 12 morrem asfixiados em saída de boate no México

Pelo menos 12 pessoas morrerame 18 ficaram feridas na sexta-feira quando centenas de jovenstentaram deixar uma casa noturna lotada na capital mexicanadurante batida policial, informou a polícia. Nove jovens, incluindo vários menores de idade, e trêspoliciais ficaram asfixiados em confusão criada na saída daboate News Divine após o dono do local ter informado osclientes de que a polícia estava no prédio para fiscalizar avenda de bebida a menores de idade, disseram a polícia e apromotoria pública. "Mais de 1.000 pessoas saíram em debandada...em direção àsaída de emergência. A saída é muito pequena...e por isso aspessoas asfixiaram", disse o chefe de polícia Joel Ortega àrede de televisão Televisa. A saída de emergência estava parcialmente bloqueada porcaixas, disse Ortega. Dois outros jovens, de 15 e 18 anos, morreram no hospital,disse o Procurador-Geral da Cidade do México, Rodolfo Felix, ementrevista coletiva. Fotografias publicadas na mídia mexicana mostravam trêscorpos estendidos na rua à entrada da casa noturna e dezenas desapatos espalhados pela calçada. A polícia deteve mais de 30 jovens e o proprietário dadiscoteca. Ortega disse que a batida policial na festa que celebrava ofim do ano letivo não foi surpresa e que o proprietário tinhasido avisado da operação. A venda de álcool a pessoas menores de 18 anos é ilegal noMéxico e casas noturnas só têm autorização para funcionar emdeterminados horários. Essas regras, contudo, são largamenteignoradas por proprietários de bares e discotecas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.